Como diminuir o estresse do pet na quarentena

Saiba como aproveitar o seu tempo na companhia do seu animalzinho

Para aliviar o estresse dos pets durante o período de quarentena, é importante manter uma rotina de atividades. Por isso, a Dr. Cássia tem algumas dicas fundamentais do que você pode fazer com o seu animalzinho para deixá-lo mais relaxado.

Esse momento em casa com os animais acaba sendo até melhor para eles, pois estão mais tempo com o tutor. Para aqueles pets que são mais carentes, é importante reservar um período do dia para gastar energia, o ideal é que seja antes de iniciar o home office, por exemplo.

Antes de qualquer coisa, é importante deixar claro que os animais não contraem ou transmitem o COVID-19 para humanos.

Passeio

Só é recomendado passear com animais que vivem em apartamentos ou casas pequenas e que necessitam fazer as necessidades na rua. Estes passeios devem ser curtos, de uma quadra, por exemplo. Prefira horários em que não haja circulação de pessoas nas ruas.

Outra opção é colocar a guia no pet e fazer de 10 a 15 minutos de caminhada dentro do apartamento ou casa. Se tiver escadas, melhor ainda, suba e desça os degraus com ele.

Ao chegar em casa, siga todas as recomendações dos órgãos oficiais: troque de roupa, limpe os calçados e faça a higienização das mãos.

Para o higienizar o seu pet, use álcool em gel nas patinhas.

Alimentação

Tenha um cuidado redobrado com a alimentação do seu animalzinho. É muito comum que os pets consumam alguns alimentos que não são recomendados, nesse período em que as crianças estão em casa.

Evite comidas para humanos e muitos petiscos, mantenha a ração ou alimento que ele esteja acostumado, para evitar uma emergência veterinária.

Dicas de brincadeiras

No tempo que estiver livre, ensine alguns truques e comandos, como sentar, rolar e dar a patinha. Existem diversos sites e perfis no Instagram que ensinam como fazer.

Buscar e trazer: jogue bolinhas, frisbie e outros brinquedos para ele buscar e te entregar de volta.

Cabo de guerra: pode ser com algum brinquedo que ele goste, mas alterne as vitórias, uma vez de cada. Caso o seu pet seja agressivo é melhor evitar esse tipo de brincadeira.

Brinquedos interativos: pode ser um kong ou petball (brinquedo recheado com petiscos ou ração). Você também pode fazer uma versão caseira com garrafa pet, é super fácil.

Esconde-esconde: alguém segura o pet e você se esconde em algum lugar, depois ele sai para te procurar.

Obstáculos: posicione um cabo de vassoura sobre duas latas para o seu animalzinho saltar. Depois, utilize objetos mais altos para aumentar o desafio da brincadeira. Você também pode utilizar cones, outros objetos ou até mesmo os próprios brinquedos do seu pet, para ele fazer um zigue-e-zague.

O objetivo disso tudo é diminuir o estresse e o tempo ocioso do seu pet e fazer com que ele continue tendo um gasto de energia física e mental, evitando, assim, os comportamentos disfuncionais. Então, fique em casa, brinque e interaja com seu pet, que vai fazer um bem incrível para ambos.

× Fale Conosco